Programação de Encarnação do Demônio nas salas de cinema - de 29 de agosto a 04 de setembro

Rio de Janeiro

Estação Botafogo

 

Niterói

Cine Art UFF

 

São Paulo

Espaço Unibanco - Augusta

Shopping Aricanduva

Shopping Interlagos 

Shopping Boa Vista 

 

Campinas

Shopping Iguatemi 

Unimart 

 

Santos

Praiamar Shopping

 

Guarujá

Shopping La Plage

 

Guarulhos

Internacional Shopping Guarulhos

 

Sorocaba

Cine Panorâmico 

 

Ribeirão Preto

Novo Shopping

Ribeirão Shopping 

 

Taubaté

Shopping Taubaté

Presidente Prudente

Prudenshopping

 

Jaú

Shopping Jaú

 

Franca

Franca shopping

 

Araraquara

Shopping Lupo Araraquara

 

Barueri

Shopping Tamboré

 

Recife

Fundação Joaquim Nabuco

 

Jaboatão de Guararapes - PE

Box Cinemas

    

João Pessoa

Box Cinemas

 

Rondonópolis - MT

Center Plaza

 

Salvador

Aeroclube Plaza Show 

 

Santo Antonio de Jesus - BA

Cine Itaguari 

 

Florianópolis

Cinesystem 

 

Belo Horizonte

Usina Unibanco de Cinema

  

Juiz de Fora

Alameda Shopping

 

Porto Alegre

Porto Alegre Center 

Sala PF Gastal



Escrito por encarnacaododemonio às 15h49
[] [envie esta mensagem
] []





Imagens de Horror

A figura de Zé do Caixão está, com certeza, no imaginário brasileiro e já inspirou muita gente por aí - da legião de fãs que Mojica tem pelo mundo a figuras como o estilista Alexandre Herchcovitch, que em 2004 dedicou uma de suas coleção ao Mestre do Terror, e quadrinhistas como Angeli, que fez uma engraçada caricatura do personagem no livro Prontuário 666.

Pensando nisto, propusemos aos alunos da Microcamp de Santos que criassem uma arte de terror baseada na figura de Zé do Caixão e do filme Encarnação do Demônio. Confira as 3 melhores imagens:

 

de Cassio Wanderley

 

de César Farkas

 

de Karen Correa Cunha



Escrito por encarnacaododemonio às 18h01
[] [envie esta mensagem
] []





RATOS!!!

 

Por Dennisom Ramalho

 

Eu tenho medo de rato. Foda-se. Contei. Tenho mesmo! Ratofobia do cacete!

 

Quando estava fazendo assistência de direção pro Paulo Sacramento no documentário dele, O Prisioneiro da Grade de Ferro, eu estive em todos os cantos do Carandiru, filmando. Todos eram moleza de circular. Menos um: o campo de futebol, que, à noite, era infestado por CENTENAS de ratos! Fiquei com medo. Tá, e aí? Fiquei mesmo!

 

Em Encarnação tinha rato. Tinha barata, aranha, verme, cobra,... mas até ai tudo certo. Aliás: eu manuseei sem problemas MUITAS baratas no set! E várias viraram catupiry sob as minhas unhas! Isso, meninas, VOMITEM! Bleeeergh!

 

Mas eu não quero entrar em detalhes de minhas fobias. Quero é falar da cena que eu mais gosto no filme: A DO RATO NA PERIQUITA! Isso mesmo, a cena de tortura genital que mostra que Zé do Caixão não está de brincadeira! Isso é TERROR BRASILEIRO! ISSO O AMERICANO NÃO FAZ!

 

 

Vivemos uma série de conflitos e emoções sinistras pra filmar essa seqüência, que já estava nos planos de Mojica desde o primeiro tratamento do roteiro. Primeiro, porque ela era diferente do que ficou no filme: não era na xoxota que o murídeo entrava. Era na barriga. Zé colocava o bicho num cano apertado contra a barriga da infeliz, e entrava com uma maçarico do outro lado. Não tendo pra onde ir, o ratão cavava a dentadas seu caminho para dentro das entranhas da moça.

 

Só que, às vésperas da filmagem, descubro que um subproduto Hollywoodiano anódino executou a mesma cena, só que com algumas diferenças e NENHUM IMPACTO (nela, o bicho nem chegava a fazer seu trabalho. Ou seja: era atiçado pelo maçarico, mas quando ia começar a rasgar seu caminho, pumba! O torturador interrompia a judiaria e fazia uma chantagem, liberando a vítima, intacta!)

 

Indignado, o Mojica e eu resolvemos ir pras cabeças! Rato na perereca, direto e reto! 

 

Superado esse primeiro choque, o Mojica chamou uma aprendiz de seu estúdio de atores pra o papel da vítima. A escolhida não era uma atriz, e precisou de longa preparação - quase um mês de ensaios, meticulosamente conduzidos por nosso preparador de elenco, Paulo Barros. E estava rendendo: ela parecia feliz e desafiada a fazer o papel. Estávamos tranqüilos.

 

Mas na véspera da filmagem, nossa Gerente de Elenco, Alê Tosi liga pra desgramada pra marcar o transporte do dia seguinte e... CADÊ ELA?! SUMIU! DESAPARECEU DA FACE DA TERRA!

 

A mulher levou medo de fazer a cena... AOS 45 DO SEGUNDO TEMPO! Hábil, a Alê virou a noite para achar alguma atriz que, na emergência, topasse fazer a cena. O impressionante é que NINGUÉM SOUBE DE NADA! Na manhã da filmagem, a Alê contornou o problema, informou o sumiço da outra e nos apresentou a atriz que topou a cena de cabo a rabo!

 

Não sabíamos nada sobre ela. Primeiro descobri que se chamava Thereza. Depois, que fazia performances corporais. Depois, que estudou com o Tom Rezende, nosso Assistente de Direção (que ficou surpreso de dar de cara com a ex-colega do segundo grau, no set). Depois descobri que ela assinava as performances como Thereza AMORAL! Aí o negócio começou a engrenar!

 

A Thereza não fez UM ENSAIO, e ARRASOU! Fez a que, na minha opinião, é a cena mais aterrorizante do filme! "Um pouco de queijo e um passeio vão acalmar nosso bichinho!" "Deus? Lamento, mas ele não foi convidado para nossa festa!"

 

Que momento! É mágica! Tá, pode ser mágica do capeta! Ou pura sorte mesmo! Fato é que, out of the blue, nós tivemos uma performance matadora! Thereza Amoral, junto com Leny Dark foi uma dupla de Scream Queens do balacobaco, PORRA!



Escrito por encarnacaododemonio às 15h26
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  



Após 40 anos preso, Zé do Caixão é libertado. De volta às ruas, o coveiro está decidido a cumprir a meta que o levou à prisão: encontrar a mulher que possa gerar seu filho. Terceira parte da trilogia iniciada em 1964 com “À Meia-Noite Levarei sua Alma”.

Acompanhe neste blog informações sobre o filme e curiosidades sobre a produção.




Links Favoritos

Encarnação do Demônio - site oficial

Orkut

Zé do Caixão - site oficial

UOL Cinema

Cabeça Vazia